Febe


  • Raça: Titânide (Urânida)
  • Aspectos: Deusa celestial; Deusa noturna; Deusa lunar; Deusa da profecia.
  • Cônjuge: Coios
  • Filiação: Gaia e Urano
  • Descendentes: Astéria e Leto
  • Aliados: Titãs; Nix; Astéria; Leto; Selene; Hécate; Apolo; Ártemis; Astréia
  • Plantas relaccionadas: Artemísia; alho; anis; cânfora; cravo-da-índia; olíbano; mirra.
  • Atributos e símbolos: Cântaro de prata.

Febe foi a primeira divindade da lua cultuada no mundo grego. Seu nome está relacionado ao brilho lunar, Phoibos (Φοίβη = radiante), ou pode também significar profecia, Phoibê (profecia), afinal esta Deusa tinha o domínio do Oráculo de Delfos.
Febe gerou duas filhas, Astéria (trevas e noite obscura) e Leto (brilho e noite acolhedora), pois Febe é a essência da noite, tanto como obscura, quanto como acolhedora. Suas netas, Hécate (filha de Astéria) e Ártemis (filha de Leto) são Deusas lunares e noturnas, sendo que uma representa o aspecto sinistro da noite e a outra representa o aspecto acolhedor da noite. Actualmente, o Oráculo de Delfos pertense a seu neto, Apolo (filho de Leto). Apolo herdou de Febe o Oráculo de Delfos e o heterónimo de Febo, por sua característica de divindade radiante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário