Clóris

  • Raça: Deusa telúrica
  • Aspectos: Deusa da primavera; Deusa das flores.
  • Cônjuge: Zéfiro
  • Filiação: Zeus e Têmis
  • Descendentes: Karpô
  • Aliados: Eós; Diana; Ceres; Cíbele; Fauno; Téia; Apolo.
  • Plantas relaccionadas: Todas as flores exceto vermelha; carvalho; sândalo; patchuli; figo; salva.
  • Atributos e símbolos: Flor; guirlanda de flores; lebre.
  • Festival romano:  28 de Abril.

"As tantas rosas que os poderosos matem nunca conseguirão deter a primavera" – Che Guevara

Clóris é a Deusa da primavera, muitas vezes consideradas uma das Horas (Deusas responsáveis pela harmonia telúrica). Em Roma era chamada de "Flora", onde faziam em sua homenágem o festival floralia.
Segundo seu mito, Zéfiro, o vento suave do oeste, a raptou enquanto era apenas uma ninfa. Zéfiro quis com ela se casar. Ao se casarem, o ele fez Clóris ser a Deusa da Primavera, reinando sobre as flores. O mel é considerado presente da Deusa para a humanidade.

Na Itália, o festival florália era um dos mais antigos festivais romanos. Era celebrado no dia 28 de Abril, auge da Primavera. No festival, as pessoas se vestiam com roupas mais coloridas, realizava-se jogos e peças teatrais.
Clóris é semelhante à Deusa Eostre, na religião nórdica.

3 comentários:

  1. Olá!
    Muito interessante e informativo seu blog! Embora eu não seja Dodecateísta, eu me amarro em mitologia grega!
    Um abraço!
    Irene

    ResponderExcluir
  2. Devo corrigi-la, em um ponto, no caso ela possui um descendente sim, Karpô, divindade dos frutos, filho dela com Zephyros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigido, obrigado pela observação

      Excluir